Eterno nos corações de todos, Leandro recebe homenagens

Após 22 anos de sua morte, o cantor Leandro teve sua trajetória eternizada e relembrada pelo irmão Leonardo.

O sertanejo faleceu aos 36 anos, no dia 23 de junho de 1998, vítima de um câncer de pulmão. Ao lado do irmão Leonardo, ele formou uma das duplas de maior sucesso nos anos 1990. A primeira live solo do sertanejo Leonardo, que aconteceu no sábado (26), contou com uma linda homenagem para seu falecido parceiro. A apresentação foi nomeada de “Canto, bebo e choro”, show que percorreu o país e se transformou em um álbum e DVD ao vivo.

Na live, o cantor interpretou sucessos de grandes nomes da música sertaneja, entre eles “Ponto Negro”, de Chitãozinho & Xororó, “Pare Com Isso”, de João Mineiro & Marciano e “Devolva a passagem”, canção de Ronaldo Adriano e Zé do Rancho de 1977, regravada em 1996 pela dupla Leandro & Leonardo, entre muitas outras.

No show Amigos – A História Continua, realizado em julho de 2019, Leandro também foi lembrado. Um dos momentos mais emocionantes da apresentação, que deixou Zezé Di Camargo & Luciano, Chitãozinho & Xororó e Leandro com a voz embargada, foi a homenagem a Leandro, com a música “Mano”, escrita por Leonardo após a morte do irmão.

WhatsApp chat