Governo de SP antecipa reabertura de estabelecimentos para cidades na fase amarela

Embora ainda estejamos em um momento bastante delicado da pandemia, há uma grande pressão pela reabertura de todos os setores que deixam de atender com as limitações impostas pelo governo para conter a contaminação.

Na última sexta-feira (3), o governador do estado de São Paulo João Dória, determinou que teatros, cinemas, casas de espetáculos, convenções, academias, eventos culturais, galerias, acervos e bibliotecas poderão funcionar, com restrições, em regiões sinalizadas com a fase amarela do plano gradual de flexibilização da quarentena.

Até agora, o governo paulista só havia permitido o funcionamento de projetos drive-in. A reabertura de espaços culturais só poderá ocorrer quando a região permanecer na fase amarela por quatro semanas (28 dias), de forma ininterrupta. Além disso, é necessário que o público esteja sentado e em lugar marcado.

A previsão é que isso possa começar a acontecer, na capital, a partir do dia 27 de julho, uma vez que a cidade de São Paulo está na fase amarela desde o dia 29 de junho.

WhatsApp chat