Léo Norbim comprime outras linguagens do EP Inverno no mini documentário homônimo

Inspirado pelas sutilezas que culminam em sua existência, Léo Norbim delineou Inverno, EP que ao longo de quatro faixas marca o início da carreira do capixaba (ouça aqui). Um mês após o lançamento, agora, o músico entrega novas linguagens ao projeto sonoro, que apresenta as personas por trás não apenas da voz, mas também das produções que contemplam o EP. O registro audiovisual chega o canal de YouTube do selo Casulo, que encabeça o projeto como um todo (assista aqui).

“Esse mini doc é como se fosse um ‘bom dia’ na rua, como um cumprimento. A ideia surgiu de forma muito orgânica, para complementar a essência do EP, pois carrega muito da minha personalidade como parte do processo”, reflete Léo sobre o lampejo que o produtor e fundador do selo Casulo, Derick Brumatte, teve no momento em que adentraram o cenário gélido e montanhês para a gravação de Inverno. “Uma vez que as músicas e todo o conceito foram apresentadas, a chegada de um material audiovisual vem a corroborar com a ideia de quem eu sou”, pensa Norbim. 

Com direção de Melina Furlan, cada imagem, ângulo ou narrativa foi captada na intenção de traduzir o clima dos bastidores da imersão feita para a gravação do  EP. “Trazer para as câmeras a equipe que contribuiu no projeto fez toda a diferença. Éramos apenas quatro pessoas (entre músicos, direção e produção de vídeo) na missão de gravar o trabalho em quatro dias, num lugar diferente. Acho que tudo isso trouxe mais autenticidade, trouxe o público um pouco mais pra perto”, conclui o capixaba. 

WhatsApp chat