Marília Mendonça é citada no “The New York Times”

A cantora sertaneja Marília Mendonça virou assunto para o jornal norte-americano “The New York Times”. O assunto citado foi o recorde mundial da live realizada pela rainha da sofrencia, que alcançou a marca de 3,3 milhões de acessos simultâneos no YouTube.

“Estamos fazendo história mundialmente! Muito obrigada à toda a equipe, mesmo que minúscula, envolvida e muito obrigada à minha equipe que está em casa, mas nem por isso torce contra. Está lá na saudade, torcida e espera de dias melhores e eles virão!”, declarou Marília, através das redes sociais.

 

Ver essa foto no Instagram

 

calling all the cattle, somos matéria no @nytimes. 📢 queria aproveitar esse espaço pra agradecer, primeiramente aos meus colegas inspiradores, agradecer o pioneiro nesse rolê massa que é o @gusttavolima que me impulsionou, com sua iniciativa, a transmitir um show no youtube com a qualidade q nossos fãs merecem e a todos os outros que me inspiraram de diversas maneiras em suas apresentações, cada um de uma forma diferente: desde ser persistente a uma nova maneira de lidar com determinada situação. obrigada! ESTAMOS FAZENDO HISTÓRIA MUNDIALMENTE! muito obrigada a toda a equipe, mesmo que minúscula, envolvida e muito obrigada a minha equipe que tá em casa, mas nem por isso torce contra. tá lá na saudade, torcida e espera de dias melhores e ELES VIRÃO! cada pessoa que quebrou cabeça pra fazer isso acontecer com todos os movimentos limitados, equipe limitada, psicológico limitado, salário limitado e digo mais: NÃO PAREM! os números irão diminuir, isso é normal, mas não é pra isso que estamos aqui. estamos construindo uma nova história, não só relacionada à filantropia, mas musical, profissional, empreendedora. TENHO ORGULHO DOS NOSSOS “FAZEDORES DE LIVES”. seguimos!

Uma publicação compartilhada por marilia mendonça (@mariliamendoncacantora) em

 

WhatsApp chat